CONHEÇA NOSSA EQUIPE

ADRIANA LUNARDI

Graduada na Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, no curso de Geografia /Licenciatura. Educadora ambiental no Centro de Visitantes desde 2002 até o presente e professora de Geografia na Educação Básica da Rede Pública Estadual de Santa Catarina - SED SC há 12 anos. Desenvolve projetos de educação ambiental integrados com o parque na comunidade escolar da Baixada do Maciambú no Município Palhoça desde 1998, quando passou a fazer parte da REMOPAR – Rede de Monitores do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro. Ministrante de oficinas de teatro-educação, com experiências teatrais significativas em educação ambiental como no projeto Vivendo o Ambiente (2001 a 2003) e o Laboratório Tabuleiro em Cena em desenvolvimento no Centro de Visitantes do Parque desde 2004.

AMANDA SANDHAS

Estudante de geografia da UFSC, atua com educação ambiental desde 2014 e segue linhas de pesquisa e aprimoramento em referências de permacultura, educação viva, praticas corporais e de reconexão com a natureza através do corpo. Também escreve em seu blog pessoal sobre America Latina, éticas biocêntricas e mulheres. É moradora da região do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro e estagiária desde 2019 e acredita que todos admiradores do PAEST fazem parte de uma grande rede de guardiões deste território sagrado e rico em biodiversidade.

E-mail: amanda.sandhas@gmail.com

EDUARDO SCHNITZLER MOURE

Graduado em Engenharia Sanitária e Ambiental na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015, atuou durante a graduação em Projetos de Extensão nas áreas de educação ambiental, gestão ambiental e de recursos hídricos, saneamento ecológico e governança de bens comuns. Em 2016, participou do Curso de Treinamento Profissional Avançado "Managing Global Governance" na Alemanha, realizado pelo Instituto de Desenvolvimento Alemão (German Development Institute GDI/DIE) e financiado pelo Ministério para Cooperação e Desenvolvimento da Alemanha (BMZ). Em 2017, participou do Programa Internacional de Formação "Guerreiros Sem Armas" realizado Instituto Elos em Santos/SP. Em 2018, participou como Coordenador de Mobilização e Educomunicação na equipe técnica da UFSC, responsável pela elaboração dos Planos de Recursos Hídricos dos rios Cubatão-Madre e Tijucas-Biguaçu. Desde 2015 é Coordenador de Projetos e Educador Ambiental do Instituto Çarakura, atuando como Educador Ambiental no Projeto de Gestão Compartilhada do Centro de Visitantes do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, junto ao Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA/SC) desde 2017. Também é Conselheiro Titular do Instituto Çarakura no Conselho Consultivo do Monumento Natural da Lagoa do Peri e no Grupo de Trabalho de Educação Ambiental da Região Hidrográfica 08 (GTEA RH8), além de Conselheiro Consultivo do Núcleo de Educação Ambiental do Centro Tecnológico da UFSC (NEAmb).

E-mail: eduardosmoure@gmail.com

JORGE LUCAS LEMOS

Formado em Gestão de Turismo pela Faculdade Municipal de Palhoça - FMP. Ingressou no Centro de Visitantes do Parque como monitor ambiental em 2016/2, onde realizou seu estágio de conclusão do  curso de graduação com a implantação da estação de interpretação ambiental (Educação e Interpretação ambiental) em homenagem a obra de Raulino Reitz em memória ao Projeto de Restauração da Fauna Desaparecida da Baixada do Maciambu. Visando a valorização de espaços interpretativos no parque, participa de projetos comunitários de implantação, sinalização e manejo de trilhas, como o Caminho do Peabiru e trajetos adjacentes na região. Além de desenvolver o turismo e lazer Atua como brigadista no apoio ao combate a incêndios florestais e no processo de construção da brigada comunitária, contribuindo no processo de formação de um grupo de voluntários para suporte a implementação na área de gestão de riscos e desastres  com especialidade nos incêndios florestais.

E-mail: jlucaslemos90@gmail.com

Currículo Lattes

JULIANA ROEMERS MOACYR

Possui graduação em Ciências Biológica (Univali) e Mestrado em Agroecossistemas (UFSC). Tem como intuito trabalhar a interdisciplinariedade e a transdisciplinaridade em espaços informais de aprendizagem. Atualmente trabalha com Estudos e Projetos voltados a área ambiental, tendo como uma das suas principais paixões a Botânica. Como membro do Instituto Çarakura tem como foco a Educação Ambiental, Uso Público e Mobilização Comunitária em Unidades de Conservação.

E-mail: julianarm.bio@gmail.com

LARISSA MARCHESAN

Licenciada e Bacherela em Geografia pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Licenciada em Pedagogia (FAEL), com Pós-graduação em Educação Ambiental. Atualmente, mestranda no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/UDESC).  Desde o começo da graduação em geografia trilho caminhos que me levam a pesquisar as geografias que se criam na interação da infância, a natureza e o brincar livre. Durante a graduação, atuei como bolsista de extensão Programa “Bicho geográfico: a extensão como dinamizadora da pesquisa e do ensino” vinculado ao Laboratório de Estudos e Pesquisas de Educação em Geografia, atuei como estagiária de Educação Ambiental em um Centro de Educação Infantil, integrei o Projeto COM-VIDA, projeto do Ministério da Educação em parceria com o Ministério do Meio Ambiente. Estas experiências permitiram a realização e aplicação de cursos sobre permacultura e hortas agroecológicas. Participo do Grupo de Pesquisa Geografias, Imagens e Educação - ATLAS (UDESC), ligada a Rede Internacional de Pesquisa “Imagens, Geografias e Educação”. Participei como representante de Geografia da elaboração da Base Curricular da Rede Municipal de ensino da Palhoça.  Trabalho como professora de geografia no ensino fundamental e médio, na rede pública e privada de ensino, e estagiária de educação ambiental no Centro de Visitantes do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro. Atualmente, trabalho na elaboração do site do PAEST.

E-mail.: lari.marchesan@gmail.com

LÍVIA DE SOUZA CARVALHO SELHANE

Licenciada em geografia pela UDESC e educadora de coração e paixão. Aprecia a natureza e acredita no seu poder em potencializar uma vida em harmonia com tudo e todos, para que haja preservação da biodiversidade e cuidados com os ritmos e ciclos da natureza. Durante a graduação atuou em projetos de ensino e extensão nas áreas de ensino de geografia e educação ambiental, onde se aproximou das temáticas de permacultura, hortas escolares, diferentes linguagens no ensino, educação geográfica e ecológica e educação infantil. Participa do grupo de Pesquisa Geografias, Imagens e Educação - ATLAS - ligado a Rede Internacional  de Pesquisa “Imagens, Geografias e Educação”. Como membro da equipe, atua com ações em educação ambiental, oficinas para crianças e adolescentes e desde 2019 vem desenvolvendo a pesquisa de Trilha Sensitiva Intuitiva nos caminhos no Parque. Estes percursos são experimentações de contato com o meio, compartilhando e reconectando as pessoas com sua natureza e potencializando afetos com o parque, cuidado com a terra e com os ciclos da vida.  A Trilha é chão de pesquisa de seu Trabalho de Conclusão de Curso, que abordará questões referentes a trilha sensitiva e suas perspectivas para uma educadora em geografia.

E-mai: livselhane@gmail.com

LUIZ HENRIQUE F. PIMENTA

Possui graduação em Geografia (1999), mestrado em Engenharia Ambiental (2003) e Doutorado em Geografia na área de concentração em utilização e conservação dos recursos naturais pela Universidade Federal de Santa Catarina (2016). Participa como membro e perito no projeto Observatório do Litoral da Universidade Federal de Santa Catarina no apoio técnico-científico ao Ministério Público Federal. Coordena o projeto de Gestão Compartilhada do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro com experiência em uso público, educação ambiental, gestão e planejamento de Unidades de Conservação. Atua na área da geociências com ênfase em ecologia, biogeografia, geografia física, cartografia e sistema de informação geográfica. Bolsista do projeto GEF-MAR/ICMBIO na área de Sistema de Informação Geográfica para o planejamento da Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca.

MATHEUS LIMA DE SOUZA

Graduado em Engenharia Sanitária e Ambiental (UFSC). Durante a graduação foi membro do Núcleo de Educação Ambiental (NEAmb) onde atuou como voluntário, bolsista, conselheiro técnico e autor de projetos em escolas, comunidades e dentro da própria universidade. Realizou estágio fora da universidade com educação ambiental na área de compostagem e resíduos sólidos. Foi bolsista pelo CNPQ no programa Ciências Sem Fronteiras, onde estudou por um ano na University of Waikato, na Nova Zelândia. Foi bolsista de iniciação científica no Laboratório de Hidráulica Marítima (LaHiMar) onde também realizou sua pesquisa de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Trabalhou em outras áreas também, mas hoje atua como educador pelo Instituto Çarakura. Graduando em Licenciatura em Música (UDESC), também realiza trabalhos como compositor, instrumentista e professor de música

E-mail: matheuslima.esa@gmail.com

SAMUEL CARLOS BRASIL PETRI

Estudante do ensino médio na rede publica de Santa Catarina, na Escola de Educação Básica Professora Silveira de Matos no município de Santo Amaro da Imperatriz. Entrei no parque no ano de 2019 como estagiário do IMA (Instituto do Meio Ambiente) devido as minhas habilidades com a osteologia. Hoje junto ao parque venho recuperando esqueletos da fauna terrestre e marinha, nativa e exótica com a finalidade de montar um Ecomuseu na sede do Parque. 
Tenho organizado um laboratório na sede, e também tenho participado do laboratório da UFSC (LAMAQ), com a finalidade de aprimorar o meu conhecimento. Junto ao parque tenho feito oficinas de osteologia e expondo os trabalhos realizados para a comunidade escolar e a população da região, assim como visitado outras universidades com finalidade de divulgação do trabalho iniciado no Parque da Serra do tabuleiro, desta forma temos recebido apoio em doação de especialista e amadores interessados no meu trabalho.